sexta-feira, 26 de outubro de 2012



Memorial em homenagem a ciganos mortos é inaugurado na Alemanha







Na segunda guerra mundial morreram milhões de pessoas que faziam parte de grupos politicamente indesejados pelo regime nazista fundada por Adolf Hitler.Entre eles estavam também os ciganos que são poucos mencionados nesse massacre.


Depois de vários anos passados a Alemanha inaugurou um memorial em homenagem aos milhares de
ciganos que morreram pelos nazistas durante a segunda guerra mundial- uma lago circular
com pequeno pedestal no meio-foi instalado no parque Tiergarten,preto do Reichstag,o parlamento alemão.
Já era tempo dessa homenagem pois sempre os judeus foram os mais comentados nesse massacre,lembremos também dos militantes comunistas, homossexuais,eslavos, deficientes motores, deficientes mentais, prisioneiros de guerra soviéticos, membros da elite intelectual polaca, russa e de outros países do Leste Europeu, além de activistas políticos, Testemunhas de Jeová, alguns sacerdotes católicos, alguns membros mórmons e sindicalistas, pacientes psiquiátricos e criminosos de delito comum.
Hoje se sabem aproximadamente o número de mortos,Morreram 17 milhões de soviéticos (sendo 9,5 milhões de civis);
6 milhões de judeus; 5,5 milhões de alemães (3 milhões de civis); 4 milhões de poloneses (3 milhões de civis);
 2 milhões de chineses; 1,6 milhão de iugoslavos;1,5 milhão de japoneses; 535 000 franceses (330 000 civis);
450 000 italianos (150 000 civis); 396 000 ingleses e 292 000 soldados norte-americanos.

O memorial foi projetado pelo artista israelense Dani Karavan.


 France-Presse disse a agência: "A abertura do memorial envia uma mensagem importante para a sociedade,de que o sentimento anticigano é tão inaceitável como o antissemitismo".

Hoje em dia ainda há muito preconceito aos ciganos,temos que valorizar mais a História,e sempre lutarmos para que coisas como essas não venham mais acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário