sexta-feira, 30 de novembro de 2012



SESSÃO (OU GIRA) CIGANA


Primeiro: não vou fazer comentários sobre médiuns (homens) que se vestem de ciganas, e nem de mulheres que se vestem de ciganos. Cada qual faz de sua cabeça o que julgar certo. Quem conhece, pelo menos um pouco da cultura cigana, sabe que isto não aconteceria de maneira alguma em um acampamento.
Os espíritos ciganos existem de fato, aliás, qualquer povo possui seus ancestrais espirituais. Acreditar nisto, é uma questão apenas, de querer!
Na segunda parte de meu livro CIGANOS-A HISTÓRIA DE UM POVO, inicio assim (vou citar apenas alguns trechos, senão ficaria muito longo e chato).
OS ESPÍRITOS CIGANOS
(ANCESTRAIS CIGANOS)
Vou iniciar esta segunda parte, fazendo, senão uma denúncia, pelo menos um alerta sobre um ultraje cometido contra o povo cigano, não com o intuito de fazer fofocas ou promover a discórdia, mas até para que se tornem realizáveis trabalhos mais aprofundados com a espiritualidade cigana. Algumas pessoas se dizendo médiuns afirmam que estão incorporando uns espíritos de cigana que deram o nome de Santa Sara. A cigana Sara existe, eu até conheço médiuns (mulheres) que trabalham com ela, mas cigana Santa Sara não existe. Seria o mesmo que surgissem médiuns afirmando que incorporam São Jorge, São Sebastião, Jesus Cristo, Santa Rita... Será que é possível??.
OS CIGANOS ENCANTADOS
É errado se afirmar que todos os ciganos espirituais são orientais, pois como sabemos, andaram por quase todos os países deste mundo. Eles têm sim sua origem oriental.
Os ciganos espirituais surgiram por volta de 1960, junto com a Linha do Oriente, que era muito popular e que vieram com os imigrantes chineses, japoneses e hindus.
POR QUE ESTÃO ENTRE NÓS?
Como qualquer outra entidade espiritual, os ciganos também estão neste plano material para ajudar os encarnados em seus problemas, além de acelerarem seu próprio processo evolutivo e a do médium com o qual escolheu para trabalhar. A escolha da entidade não é aleatória.
Devido aos muitos conhecimentos adquiridos quando encarnados, e das diversas culturas visitadas, e com a condição espiritual que se encontram atualmente podem ajudar de muitas maneiras. É comum encontrarmos ciganos em auxílio de trabalhos de Apometria nas casas que fazem sessões de mesa branca, por exemplo.
Há alguns anos levantou-se a hipótese de que as entidades ciganas não deveriam incorporar em não ciganos, e se o fizesse teriam que falar em sua língua original, o Romanês (ou Romaní). Só que a maioria dos ciganos não admitem (ou , pelo menos dizem isto) a mediunidade de incorporação, e nem tão pouco ensinam seu idioma (o que é muito certo), o que tornaria impossível a comunicação entre o consulente e a entidade. Se a espiritualidade agisse assim os Caboclos devriam falar em Tupi, os Pretos Velhos em algum dialeto africano, e como ficaria um Mestre oriental vindo do Japão, da China ou do Himalaia? Isto foi uma discussão que não deu em nada.
As entidades ciganas possuem nomes próprios como Wladimir, Pablo, Ernesto, Yasmin, Soraia, Madelena, e outros.
INCORPORAÇÃO 
Os espíritos ciganos, possuem um tratamento diferenciado pela espiritualidade, aqui não existe o que acontece, por exemplo, com os Pretos Velhos, quando uma entidade decide trabalhar nesta falange por afinidade, adquindo assim, esta roupagem fluídica. Todos os espíritos ciganos foram ciganos e viveram em uma determinada época de nossa história.
Eu não acredito numa incorporação 100% para os médiuns que trabalhem com botas (ou seja, calçados), pois necessitamos da energia telúrica vinda da terra. Senão as demais entidades poderiam se calçar também.
Algumas zeladoras já me procuram para saber como iniciar uma sessão, se com músicas (de CD) ou de outra maneira. Eu disse: Em minha casa inicio com pontos cantados e palmas (sim, palmas), pois os CD podem ser utilizados durante a gira para que os ciganos dancem mas, não servem para trazer a energia do cigano. Como este é um assunto meio complexo, não vou me prolongar nele.
Quem tiver interesse em saber mais sobre os ciganos, Pomba Gira Cigana, Ciganos Renegados, Altar Cigano, oferendas, pode adquirir este livro, tá.



Por: Carlos Dário.
             
    


             
    


             
    



2 comentários:

  1. tendadociganodario@yahoo.com.br30 de novembro de 2012 09:01

    Caraca... ficou muito lindo! Que a luz que você dedica a todos, através de seus bjs de luz, faça parte de seu caminhar. Parabéns por seus trabalhos, material e espiritual.

    ResponderExcluir
  2. Sempre tenho positividade em meus pensamentos, pois estes aquecem o meu coração dando luz as minhas ações e assim levando todo o meu intendimento aos quatro cantos do planeta terra que em breve renovará seja bem vinda erá de "AQUARIOS"porque eu sou amor,eu sou fé,eu sou uma pequena parte do universo,obrigado,obrigado,obrigado!!!

    ResponderExcluir